sábado, 16 de fevereiro de 2013

Carta ao desconhecido


É, eu sei. Demorei, mas nunca esqueci a sua proposição... O seu desafio. Você um dia pediu para que eu escrevesse um texto que não falasse especificamente do meu processo oncológico e hoje eu reconheço que, naquela ocasião, não tinha condições suficientes para contar as pessoas sobre quem eu sou ou o que eu faço. Contar historias sobre o que eu estava aprendendo (e em grande parte dos textos, as narrar em terceira pessoa) era infinitamente mais fácil.

Nem sempre fui forte. Nem sempre serei forte. Aprendi que na vida, existe uma grande diferença entre “ser” e “estar”, e me fez razão que eu não SOU fraca, mas as vezes posso ESTAR.  

Acho que essa é uma das magias mais lindas da vida: A nossa capacidade de nos reinventar, de nos recompor. Recompor de processos que são por vezes tão dolorosos e que –em grande parte do tempo- são criados e alimentados dentro de nós mesmos.

Ando tão feliz, tão realizada. A menina criada na zona rural do interior se torna a cada dia mais independente. Independente por dentro! Livre... Formadora de opinião e repleta de testemunhos. Talvez nem sempre serei levada a sério pelas pessoas, mas lá pra cima, bem distante desse solo terrestre, quem me assiste provavelmente esta aplaudindo a minha coragem de assumir os meus erros e de reconhecer os meus acertos. Como já disse uma vez, acho que os erros são definitivamente os melhores acertos das nossas vidas. Eles nos ajudam a moldar a nossa essência, a conhecer e reconhecer os nossos limites... E principalmente, a tocar em frente.

Um recomeço precisa de um fim, assim como o fim necessita de um recomeço. Essa é a vida, repleta de processos. Olha só que bacana, todo dia é dia de recomeçar, mesmo que seja completamente diferente de tudo o que você já pensou que fosse fixo, estabelecido na sua vida.

Sinceramente? O "todo" desse processo me ensinou isso... Acho que na verdade, conviver com a morte me ensinou a aproveitar cada segundo do meu tempo. Dedicar a minha vida a ser sincera comigo e com os outros, para amar verdadeiramente a minha família, os meus amigos... Os meus princípios.

Sempre fui uma criança diferente. A mais observadora e a mais risonha. E se pudesse lhe confiar um segredo, diria também que fui a mais contadora de historias...

Graças ao tempo –e a minha ainda curta experiência de vida- pude conhecer as minhas reais fraquezas e assumir para mim que eu sempre gostei de estar no centro das atenções, mas essa mesma experiência de vida também me ensinou que eu não sou o centro das atenções. E que por isso, como um grande personagem teatral, por vezes tenho que respeitar quando é a hora de abrir e de fechar as cortinas do espetáculo da minha vida. Não tenho vergonha de expor quem eu fui, porque hoje eu reconheço quem eu ainda posso ser...

E reconheço que tenho muito aqui dentro a se trabalhar. A vida é uma eterna jornada e eu não tenho mais pressa...

11 comentários:

  1. Estou com os olhos lacrimejantes, como é importante reconhecer-se e mais ainda saber o que ainda pode ser, ah se todos tivessem esse discernimento na sua idade!

    ResponderExcluir
  2. eu sei, eu sei, bem como é isso. Foi duro para mim descobrir, que era e ainda é muito latente em mim o Orgulho, a vaidade e o egoísmo, e recentemente descobri que eu também sou um perfeccionista - risos
    Silvio Klinguelfus Junior

    ResponderExcluir
  3. Voce é a minha alegria,menina guerreira que se torna forte e é fragil ao mesmo tempo.Esta aprendendo a passar por cima das armadilhas da vida.Voce busca dentro do seu interior a força.Atravez desse seu sofrimento aprendeu a levantar a quem esta em sua volta,precisando de uma palavra de carinho,de esperança e de amor...
    Essa é minha menina,que se faz forte,mas ao mesmo tempo é fragil como um cristal que nao se deixa quebrar.
    Voce minha menina criança,incansavel defensora do que éjusto e correto.
    Diante de tantos atributos presentes a sua pessoa,consigo entender porque te quero tao bem,e no quanto Deus foi bom quando nos presenteou com a tua presença entre nós
    Sei e sinto que todo universo conspira para voce se sinta feliz,realizada e com a alma em paz e eu tambem estou aqui torcendo sempre pela tua felicidade,e de alguma forma procurando achar motivos e ocasioes para te fazer sorrir.Te adoro por toda a minha vida.
    Tua Aboelita.

    ResponderExcluir
  4. Sem palavras.... Voce me encanta cada vez mais...
    Bjus Sara Ramos

    ResponderExcluir
  5. celia regina de moraes scarelli16 fevereiro, 2013

    voce,ah voce minha querida;sempre me surpreendendo com suas palavras maravilhosas,que vem de dentro de sua alma,dentro desse ser maravilhoso,e tenho o maior orgulho de podr ter minha filha adorada ao meu lado,lendo seu blog com tanta emoçao,com tanto carinho e olha que palavras belas de puro conhecimento.gostaria e ser um por cento de voce,menina mulher cheia de atitudes cheia de alegria,e como nos faz bem,nos levanta nos acaricia suas palavras.quanta sabedoria,nao sei escrever bonito ja te disse isso e aqui nao da para demostrar o quanto voce me e importante,lutadoura e batalhadora emais,a vida ainda tem muito muito a lhe oferecer voce merece minha linda.so quero sua felicidade e voce merece,amo voce minha fortaleza.

    ResponderExcluir
  6. Querida Evelin...já me sinto íntima rsrs...
    Não acredito que na vida as coisas sejam por acaso...nada é por acaso...e num sábado,no qual "ganharemos" 1 horinha a mais...uma menina que ainda não conheço me faz mais feliz...
    Um post de cupcake da minha querida professora Gabi...nossos caminhos se cruzaram...E após ler todo seu blog, me sinto renovada.
    Aos 21, descobri um câncer na tireóide, era meu último ano de faculdade...sensações, medos e motivações muito comuns com o que descreveu...mas o ESSENCIAL foi a conclusão que chegamos...eu e você..."ganhamos um presente"!!!
    quero muito poder conversar mais com você...obrigada por seu blog, por sua iniciativa!! Beijos e um brinde a vida!!!
    Pati

    ResponderExcluir
  7. Evelin, desejo que vc tenha uma vida longa e plena em todos os sentidos... e que possa sempre nos alegrar com novas histórias e novas emoções!!!Bjos e muitas felicidades !!!

    ResponderExcluir
  8. É sempre um prazer ler seus textos. =)

    ResponderExcluir
  9. Evelin, que lindo o seu blog e seus textos! Te convido a conhecer a FUNDAÇÃO LAÇO ROSA pela cura do câncer de mama (www.fundacaolacorosa.com) que tem um projeto fantástico chamado BANCO DE PERUCAS ONLINE onde distribuem perucas 0800 pela internet. quando puder, visite o portal. E vamos que vamos...bjs

    ResponderExcluir
  10. mE ORGULHO EM TER UMA AMIGA TÃO GUERREIRA!!!!!!!!!!eSCREVE MAIS.

    ResponderExcluir